Ivan Borgo

Ivan Anacleto Lorenzoni Borgo nasceu em Castelo, ES, em 1929, morou em Domingos Martins (Campinho) e radicou-se em Vitória a partir de 1940. É bacharel em Direito com especialização em Economia. Foi fiscal de Previdência do IAPI, diretor regional do SENAl do Espírito Santo e professor titular da Universidade Federal do Espírito Santo. Foi chefe do Departamento de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências Econômicas, membro da Comissão de Coordenação e Treinamento de Pessoal de Magistério e da comissão de criação do curso de Serviço Social da Ufes, do Conselho Editorial da Fundação Ceciliano Abel de Almeida e do Conselho Estadual de Educação do Espírito Santo. Foi ainda membro da comissão de estudos de mão de obra para os projetos industriais do Espírito Santo, nos anos 70. Recebeu a comenda do mérito industrial da Federação das Indústrias do Espírito Santo e o título de cidadão vitoriense da Câmara Municipal de Vitória. Pertenceu à Academia Espírito-santense de Letras e ao Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo. Publicou contos no Suplemento Dominical do Jornal do Brasil, no jornal de cultura Paratodos e na revista A Cigarra. Foi colaborador permanente da revista de cultura Você, da Ufes. Publicou Crônicas de Roberto Mazzini, Navegantes (contos) e Novas crônicas de Roberto Mazzini ( Roberto Mazzini é o pseudônimo que usa como cronista). Colaborou em alguns números da série Escritos de Vitória e participou da coletânea de autores capixabas A parte que nos toca e do livro Norte do Espírito Santo: ciclo madeireiro, entre outros. Recebeu, em 1957, prêmio da Petrobrás pela monografia "O monopólio estatal do petróleo". Ivan Borgo faleceu em agosto de 2017.

 

Afinidades

Coluna Escritos da Tarde

Especial Sabalogos

Recordações do futebol de Vitória (livro integral)

Memórias de Você - Joca Simonetti

 

Índice de perfis e entrevistas

Voltar